Noite das garotas

Quem tem irmã levanta a mão o/. Quem é a caçula levanta a mão o/. Quem divide o quarto e quase todo dia quer matar a irmã, lenvata a mão o///////////////////////////. kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Pois é meu amores, o que é ser irmã, e pior, o que é dividir o quarto. E se ele for minusculo então? Senhor, Deus pai todo poderoso. Ô inferninho viu?! (literalmente). Tem dias que só de abrir os olhos e lembrar que ela ta em casa, eu já quero morrer, ou matar; Outros dias ajo indiferente; Já em outros, ela não pode dizer oi que já a fuzilo com o olhar; Já em outro… Eu passo o dia agarrada com ela, quero fazer tudo com ela. O sorriso dela me inspira, as roupas, seu jeito de gesticular enquanto fala (ela é canhota. Gente, eu amo o jeito dela gesticular), o jeito que ela prende o cabelo num coque e quando solta fica aqueles cachos lindos de dar inveja, seu jeito delicado, carinhoso, sensível, inteligente e chato…. Meu Deus, como é chata essa mulher. Mas… em dias bons, é minha inspiração.

Imaginem a cena: Uma casa pequena, um quarto menor ainda. TRÊS irmãs e uma triliche. A mais velha casa, as camas se separam. A do meio trabalha e estuda o dia inteiro enquanto a mais nova passa o dia todo em casa, brincando. A do meio sai de casa. A mais nova faz a festa, pinta o quarto da sua cor favorita (por ser mais nova nunca pode escolher a cor do quarto, e verde tornou-se sua cor mais odiada, depois do amarelo, claro.), ganhou uma enorme mesa, televisão por assinatura, internet banda-larga, móveis da cor do quarto. E surpresa, a irmã volta para casa! Sai móveis novos, entra mesa nova (ela já queria uma mesa nova). Agora são DUAS ADULTAS dentro de um quarto que parece ser ainda menor, uma das adultas tem o quadruplo de roupas que a mais nova sonhava em ter, para um único armário de cinco portas.

Um pesadelo não é? Pois é. E é! Mas tem dias bons, dias melhores, dias maravilhos, e dias péssimos, horriveis, horrendos, que você mata, esfola, soca, grita… Isso por que não falei para imaginar as duas de TPM. Não queiram imaginar. É uma história triste e com muitas vítimas.

Brincadeiras a parte (ou não tão brincadeira assim, ela também quer me matar que eu sei). Nesses dias maravilhosos, milagres acontecem, e ontem foi um milagre e resolvemos sair, apenas nós duas, já que um lindo namorado resolveu viajar para o raio-que-parta sem dar satisfação… enfim, outra triste história.

Ontem eu e minha irmã resolvemos ir no Pub Revolution (quem mora perto de jacarepaguá, vá, é muito bom), que fica aqui do lado de casa e é um ótimo lugar para se ir com os amigos, curtir música boa, num ambiente super jovem e super badalado.

Foi bem noite das garotas mesmo, conversamos sobre coisas que eu nunca imaginei que chegaria a conversar com ela. Sabe quando você realmente nota que sua irmã se tornou sua melhor amiga? É super fácil sua melhor amiga se tornar sua irmã, mas quando sua irmã se torna sua melhor amiga, é outra coisa… Já que existe essa relação de amor e ódio todos os dias, ainda mais quando se vive num mesmo ambiente, e pequeno.

Mas foi a coisa mais incrível de todas. Poder conversar com alguém que eu amo tanto, que é da minha família, e eu poder falar abertamente coisas que eu não falo com minhas amigas (sim gente. Sexo). Aposto que não foi só maravilhoso para mim, como foi para ela também. Me senti muito mais próximo dela depois de ontem. Mas acredite, ainda vou querer matá-la algumas vezes…. Acontece.

Segue abaixo as fotos de adolescentes (como ela diz) de ontem à noite.

Blusa C&A, presente dela + Saia Pink Nud

Blusa + Saia C&A (eu acho, qualquer coisa ela me corrige)

“Marina, arrume o cabelo e não pouse para a foto” kkkk

Pink Panther e Sex on the beach; Cheers, I drink to that!

E ai curtiram? Eu curti e muito. Obrigada Main-main por ter me dado uma ótima noite.

Anúncios

5 thoughts on “Noite das garotas

  1. Que fofo! eu AMO passar um tempo com a minha irmã; é uma linha muito tênue a irmandade. na realidade, a convivência, seja com que for. mas é muito lindo de ver e viver a amizade entre irmãs. minha irmã é minha vida *o* não sei o que faria sem ela. Nós melhores e piores momentos é nela em quem eu penso e desejo ao meu lado.

    enfim, achei muito fofo o post e adorei as fotos, mas deveria ter uma de vocês duas. e fico “feliz” pela Marina ter voltado praí *-* queria minha irmã perto de mim HUAHUAH

    anyway, adorei o post.

    • Hoje em dia, você diz isso, mas quando moravam sob o mesmo teto, ai como eu ouvia sobre seu ódio pela Drey… Eu que sei kkkkk Mas é na ausencia delas que a gente vê o quanto as amamos e queremos por perto. Até elas, realmente, ficarem por perto kkkk Que bom que gostou do post.
      Beijos e volte sempre ;D

  2. Ah! Que lindo irmã!!!!! E é totalmente verdade que essa relação de amor e ódio é mesmo cara de relação de irmãs! Eu nunca imaginei que um dia minha irmã caçula poderia ser também minha super amiga e confidente! Estou amando (e odiando às vezes) tudo isso, morar com vc no mesmo quarto, as conversas, as brincadeiras e até as brigas! Parceira mesmo, é isso que vc tem sido pra mim, muito importante! Te amo muito! Adorei o post…

    • Own, minha vida. A única pessoa que me diz as verdades sobre essa família… kkk Irmã é a unica pessoa da família em que podemos ter uma fiel relação de amizade e que levamos broncas também, mas a mais leve, já que não deixa de ser amiga.
      Também te amo muito.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s